fbpx

Dicas para fotógrafos

6 dicas para fotógrafos

 

Quem decide fazer da fotografia não mais um hobby, mas, sim, sua profissão tem, muitas
vezes, a fotografia social como pontapé inicial. É normal que, após vários cliques informais,
comecem a aparecer as primeiras oportunidades, por exemplo, para registrar pequenos
eventos, como aniversários, almoços etc.
Mas, como todo tipo de trabalho, passar a fotografar eventos sociais exige planejamento e
algumas dicas são essenciais para quem está iniciando!
Por onde começar? O que não pode faltar no álbum que vou apresentar ao cliente? Como
divulgar meus trabalhos? Essas são apenas algumas das questões que costumam surgir. E
abaixo você confere dicas simples, mas que servirão como referência para dar os primeiros
cliques e conseguir bons resultados!
1- Tenha uma boa rede de relacionamentos
Comece divulgando seus projetos para as pessoas da família e amigos próximos. Eles
certamente ajudarão a divulgar seu trabalho. Se possível, num evento de família, como um
almoço de aniversário, por exemplo, registre tudo e divulgue! Todos vão querer ver as fotos,
provavelmente mostrarão a outras pessoas, comentarão quem fez os registros etc.
Não se esqueça de deixar com amigos e familiares seus cartões de visita, contendo, no
mínimo, sua página no Facebook (para que eles possam ver um pouco mais do seu trabalho),
e-mail e telefone.

Foto: Bruno Rosa
2- Use a internet a seu favor
É preciso parar para pensar nos seus prováveis futuros clientes! Além daqueles familiares e
amigos que já sabem que você fotografa, é precisar ampliar seus contatos, fazer com que mais
gente conheça seu trabalho e lembre-se dele quando precisar.
Hoje, as mídias sociais são grandes aliadas neste sentido! Coloque sempre algumas fotos na
rede, para que, inclusive aqueles amigos que você não vê há anos e conhecidos saibam que
você está trabalhando com fotografia social e, sobretudo, que está fazendo um bom trabalho!
Além do Facebook, Instagram, assim que possível, crie um site ou blog para alcançar mais e
mais pessoas.
3- Faça de forma simples, mas bem feita
Não queira começa “inventando moda”. Independentemente do evento que você for
fotografar, lembre-se que o mínimo que o contratante espera de um fotógrafo são fotos em
foco, bem enquadradas e o registro fiel de momentos importantes!
Claro, posteriormente, você deverá deixar seu lado criativo aflorar, mas faça isso quando tiver
controle total da situação e souber exatamente qual resultado está buscando.
4- Saiba como será o evento
Não importa se será um aniversário infantil, um almoço familiar ou um casamento. Procure ter
o maior número de informações possível.
Eventos maiores, como casamento, geralmente possuem um cerimonial especialmente para
organizar toda a dinâmica do dia. Em outros casos, normalmente um parente ou alguém mais
próximo da família faz a organização – ainda que simples, mas o suficiente para “dar um
norte” ao desenrolar do evento.
Por exemplo: se for um casamento, informe-se como será a entrada dos padrinhos e dos
noivos; se for um aniversário infantil, que horas mais ou menos será o parabéns e quais serão
as brincadeiras oferecidas às crianças; se for um almoço familiar, pergunte se haverá algum
discurso ou homenagem… Enfim, pesquise tudo para que saiba exatamente o que não poderá
deixar de ser registrado!

Foto: Bruno Rosa
5- Trabalhe com material de qualidade
De nada adianta fazer lindos registros mas, na hora de entregar o trabalho ao cliente, entregar
um álbum que não agrade. Aliás, todos os detalhes referentes ao álbum que será entregue
devem ser combinados previamente com o cliente, para evitar qualquer tipo de
desentendimento (o que não seria nada útil no início da sua carreira).
Não deixe também de combinar um prazo para a entrega do álbum ao cliente e, sobretudo,
cumpra o que foi combinado!
6- Trabalhe com discrição
O fotógrafo social precisa ser discreto, não deve chamar a atenção mais do que o necessário! A
estrela da noite é o aniversariante, os formandos ou os noivos, nunca o profissional que foi
chamado para fazer o registro.
Ser discreto significa vestir-se de acordo com a ocasião. Um casamento, por exemplo, pede um
traje social. Um evento mais informal, não. Um aniversário de criança realizado durante o dia
pode muito bem ser registrado de calça jeans e camisa. Tudo vai de bom senso!
Mas, ser um profissional discreto vai além da roupa que se veste! É preciso muito cuidado, por
exemplo, com o uso do celular. É fundamental ser profissional e se lembrar a todo momento
que você está ali a trabalho, e não para curtir a festa e/ou ser a atração principal.
Lembre-se sempre: não importa se você está começando agora ou se já é um fotógrafo
conhecido, profissionalismo, dedicação e honestidade são fatores fundamentais para que você
tenha um posicionamento cada vez melhor no mercado e continue a conquistar novos
clientes. Nenhum sucesso vem da noite para o dia, é sempre fruto de planejamento e trabalho.

Posts Relacionados
English
>